Filme: The Last Song (A Última Música)



Sinopse: É ambientado em uma pequena cidade praiana do sul dos EUA, onde um pai afastado (Greg Kinnear) tem a chance de passar o verão com sua relutante filha adolescente (Miley Cyrus), que preferia estar em casa, em Nova York. Ele tenta se reaproximar dela por meio da única coisa que eles têm em comum − a música − em uma história sobre família, amizade, segredos e salvação, e também sobre primeiros amores e segundas chances. +ou- 1h43min


Bem, por onde eu começo? Nicholas Sparks sempre precisa matar alguém.... mas dessa vez ele errou na direção rs. Não gostaria de entrar no mérito da Miley, mas sim eu a detesto e ela não merece mérito nenhum. Ela fez, em boa parte, odiar o filme. E seu par no filme também não ajuda. Casal sem química. Totalmente lamentável. Não consegui torcer pelo romance em nenhum momento. Nem em Querido John (que já achei o início do relacionamento meio forçado), eu tive essa impressão tão ruim (claro que os atores de QJ colaboraram muito mais para eu aturar o filme).  Eu já esperava algo como a doença do pai ou de qualquer outro membro da família. Mas não emocionou como deveria ( e isso é tão fácil para mim.. ehehehe choro por qualquer coisa). Quem fez eu chorar mesmo foi o Jonah.. curti bastante o garotinho. E a trilha sonora também é boa aceitável (no filme estava melhor, fui ouvir a trilha oficial e só umas 3 músicas que fizeram eu querer escutar novamente) . Espero sinceramente que o livro seja melhor, devo ler em breve, apesar de que o filme deixou eu totalmente com preguiça para começar.

Não vou só detonar o filme e seus autores principais. Preciso deixar claro que Nicholas Sparks de certa forma nunca decepciona. Ele possui um dom de nos fazer perceber a importância do amor, da esperança. E que sempre há lugar para o perdão e as segundas chances. E a vida é curta para que nos preocupemos com as coisas pequenas, mesquinharia etc. Devemos dar mais valor a família, a vida e as pessoas.

Dani Fuller é administradora do blog e está sempre buscando algum diferencial para seus leitores. Sempre que possível ela posta resenhas de livros, dá dicas de séries, inventa promoções etc. Possui 28 anos, carioca, viciada em seriados, livros, filmes e compras. Adora voley e internet. Acompanhe seu blog pessoal e siga seu twitter @DaniFuller2. Leia também todos os seus posts já publicados.

5 Curiosos:

Super concordo com o final da sua resenha! Nicholas trabalha bem o amor que existe em todas as suas personagens e suas relações, dando sempre uma moral para a história.
Como também não gosto dos atores que estão no filme, vou deixar para assiti-lo depois de ler o livro, pois assim, não me decepciono tanto... Ou não, vai saber hahahah

Tentei não soltar nenhum spoiler, mas nunca se sabe, não é?
Nossa, sou tão louca pela série GG que não achei tãão caro assim. Há muitos livros com esse preço e que são aceitáveis, como a maioria dos da Meg Cabot...
Obrigado por aceitar a parceria! Quero te linkar logo lá no CP, então faz logo um banner. Se você quiser, posso te ajudar com isso.

Beijos, beijos! xx

Ei Dani,

Ainda não li o livro e não vi o filme pq quero ler primeiro rs. Sempre prefiro os livros aos filmes e pelo jeito este filme nem vale tanto a pena :P

bjo

EU AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAMEI ESSE FILEM e quero o livro. Nicholas é um gênio e sou fã dele.

Obrigada pelos elogios flor <3
Beijos

Rs, eu gostei muito de Wake :/
e ainda vou ler A ultima música, então não tenho o q falar ainda... belo blog, bjus

Oi Dani! Eu li o livro, por isso não vou ver o filme. Os livros dele são assim mesmo, sempre tem que morrer alguém. E o final é para ficar inchada de tanto chorar. Se vais ler, pegue a caixa de lenços (um só não dá!).

Obrigada por visitar o blog DaniFuller.com e seria ótimo que pudesse também deixar um comentário. O que acha?
Evite:
* Comentários anônimos
* Comentários ofensivos
* Comentários com propagandas de blogs e afins.

Não insista, pois todos serão excluídos. Existe uma opção de contato e parceria especialmente para isso.
Todos os questionamentos serão respondidos diretamente ai na parte de comentários, quem quiser pode deixar seu twitter acrescido do @ que envio o resumo da resposta direto por lá.