Livro: A Vida é Uma Festa

Após ler "Um amor de detetive", fiquei mais do que ansiosa para ler os demais livros dessa autora. Fiquei torcendo por alguma continuação ou citação de personagens anteriores, mas nem acontece. Criei uma certa expectativa, apesar de não ter visto reviews tão perfeitos quanto no livro anterior. Esse é bem inferior realmente. Demora muito tempo para entrar nos 'eixos'. Até enrolei mais para terminar o livro, o que me irritou bastante.


Sinopse: Para Izzy Serranti, uma inglesa de 26 anos, A Vida É uma Festa - literalmente. Ela trabalha como promoter, dando um duro danado para fazer com que todo mundo se divirta. Porém, enquanto organiza festas e eventos, Izzy tenta a sorte na busca por sua alma gêmea. Mas as coisas não andam nada fáceis... e só vão piorar quando o fantasma de Simon Monkwell - seu pior inimigo de infância, responsável por tornar o seu dia-a-dia insuportável - voltar a lhe assombrar. Quer dizer, Simon ainda está vivo... mas bem que Izzy gostaria de que ele já estivesse morto e enterrado! Então, recapitulando, para Izzy Serranti, A Vida É uma Festa - desde que Simon Monkwell não seja um dos convidados, é claro! Neste novo romance, o bom-humor e a fluência da narrativa confirmam que Sarah Mason - responsável pelo premiado Um Amor de Detetive - veio mesmo para ficar.
Editora: Editora Bertrand Brasil | Páginas: 294



Ainda assim esse livro possui seus méritos e ganhou uma nota muito boa de minha pessoa (como podem perceber abaixo) ehehehehe. Depois que Izzy passa a frequentar mais a "fazenda Monkwell' a história melhora de forma satisfatória... ela passa por momentos hilários e muito dignos de um verdadeiro chick-lit. Eu morri de rir. Os 'mistérios' que fazem parte não são tão mirabolantes, e são até meio previsíveis, mas isso não atrapalha em nada também.

Destaques para a tia de Izzy, o menino Harry e Dom. Ah podia jurar que ele realmente era gay... que louco hahahah, meteu a Izzy em mais encrencas do que ela já fazia sozinha... o lance do cigarro... surreal... eles eram muito retardados ahahaahahah, mas super fofos juntos... que amizade mais fofa.. e apesar de achar que ele poderia ser gay, já desconfiava de qual poderia ser o 'segredo' dele, que descobrimos quase no final também.

Sobre Will e Simon... o mesmo que Izzy sentia por eles eu acabava sentindo também. Podia jurar que fosse ter um certo tipo de rivalidade maior entre os irmãos, e até algum tipo de triângulo amoroso, mas não aconteceu. E ainda do nada Will some da história. Achei meio estranho isso. O baile que Izzy organizou também imaginei que fosse ter mais destaque, foi uma das melhores partes, mas foi meio corrido. Uma pena! O 'segredo' da tia, dos pais, da infância de Izzy etc foi meio jogado também. Tá, vou parar com as críticas rs.

E você fica várias páginas naquela expectativa do reencontro e dos acertos entre o casal, e foi um momento bem fofo quando acontece, mas poxa precisava ser tão no final? E o livro vai e termina de forma abrupta, quase tive um treco.. queria mais.. queria ver como eles iam viver, se ia dar certo eles se mudarem para o interior sei lá. Mas agora nada posso fazer rs rs rs rs.

Sem dúvida a autora possuia elementos para criar um livro muito mais surpreendente e até melhor que "Um Amor de detetive", apesar de não ser, esse também é bom, curti as horas que gastei nele. Só não sei se gastaria $$ com ele.


Dani Fuller é administradora do blog e está sempre buscando algum diferencial para seus leitores. Sempre que possível ela posta resenhas de livros, dá dicas de séries, inventa promoções etc. Possui 28 anos, carioca, viciada em seriados, livros, filmes e compras. Adora voley e internet. Acompanhe seu blog pessoal e siga seu twitter @DaniFuller2. Leia também todos os seus posts já publicados.

10 Curiosos:

Oi, Dani!
A sinopse até dá uma ideia de um livro legal. E você deu 4 estrelinhas!
Quando a gente espera demais, as coisas nunca são tão boas, isso também acontece comigo!
Beijos,
Vanessa Sagossi
comentandoofilme.blogspot.com

Esse tenho bem menos curiosidade para ler do que Um Amor de Detetive, mas você deu uma note boa para ele, né? Mas de qualquer maneira, acho a história do primeiro mais interessante, se eu lesse as duas sinopses e tivesse de escolher, sem dúvida optaria pelo primeiro.
Vi ali na sidebar que está lendo Being Nikki... Está gostando? É o meu favorito da série! (Christopher! <3 haha)
Beijo!

Gostei muito da capa, sempre tive vontade de ler um livro dessa escritora :\
bjus

to doida pra ler algo da Sarah Mason! Todos falam que um amor de detetive é MUITO bom e tenho que começar por ele! Que acha?

Ai meu deus, voce esta lendo Being Nikki e Preciso te contar uma coisa, estou louca para ler esses livros *----* ansiosa pelas resenhas (:
Comentando sobre o post e deixando de lado meus ataques histéricos.
Sou louca para ler Um amor de detetive e quando eu tiver lido esse quem sabe não dou uma chance a este ai também, parece muito bom.

Gostei bastante da sua resenha *-*

beijos, isa.

Acho que ambos os livros possuem capas bem infantis. Mas estou louca para ler Um amor de detetive depois que li a sua resenha!
Esse não me interessei muito, não...

Esse livro é ótimo, recomendo.
beijão, amei aqui.

Eu também não gostei muito desse. Quer dizer, gostei, mas Um Amor de Detetive é bem melhor e mais fofo que ele! Mas é legal de ler quando está no marasmo haha

Oi! Tivemos uma opinião parecida mesmo =]
Quando li "Um Amor de detetive" também fiquei atrás de mais livros da autora e o meu escolhido foi esse também. Mas acho que em "Alta sociedada" a Holly é citada. Ainda não li, mas também deve valer a pena ser conferido!

bjos!

Eu adorei o livro, não é um Amor de Detetive, mas é bem engraçado.
Eu também jurava que Dom era gay e que ele tinha um caso com o Aidan e o chefe da Izzy Gerald sabia do caso e escondia...
Achei o final corrido, faltava umas 30 páginas pra terminar e a história nem estava começando a ganhar eixos.
Mas mesmo assim o livro é bem divertido.

Obrigada por visitar o blog DaniFuller.com e seria ótimo que pudesse também deixar um comentário. O que acha?
Evite:
* Comentários anônimos
* Comentários ofensivos
* Comentários com propagandas de blogs e afins.

Não insista, pois todos serão excluídos. Existe uma opção de contato e parceria especialmente para isso.
Todos os questionamentos serão respondidos diretamente ai na parte de comentários, quem quiser pode deixar seu twitter acrescido do @ que envio o resumo da resposta direto por lá.