Livro: I'd Tell You That I Love You, But Then I'd Have to Kill You

Eu e a minha sina com títulos sensacionais... E qual é o melhor para simplificar bem isso quanto existe o título “I'd Tell You That I Love You, But Then I'd Have to Kill You”. Quando o descobri nem me importei do que se tratava, mas claro que fui ler depois para ver realmente sobre o que era e gostei do que vi. Diferentemente dos outros posts, esse precisei deixar no título o nome original. Ele é 1º da série de livros Gallagher Girls (já possui 4 lançados nos EUA), traduzido aqui como Escola de Espiãs (sim faz sentido, mas tosco em comparação hihihihi).




Sinopse: Na Academia Gallagher, as meninas mais espertas do mundo aprendem técnicas secretas de espionagem com professores altamente treinados. Elas sabem se disfarçar, são fluentes em mais de 10 línguas e conseguem quebrar os códigos mais complexos. Cammie é filha da diretora e uma das alunas mais brilhantes do colégio. Mas, apesar de todos os seus conhecimentos e habilidades, ela logo vai aprender que existe algo mais perigoso do que ser uma espiã: se apaixonar.

| Autor: Ally Carter| Editora: Galera Record| Páginas: 320| Tempo de leitura: 10 dias| Comprar: Submarino R$ 37,90 ou Saraiva|


O livro é tão fofinho. Ele é ótimo para ler entre algum outro mais pesado. É bem juvenil, mas por isso mesmo que eu adorei. Ally Carter tem um forma de escrever bem parecida com a Meg Cabot, narrando como se a protagonista conversasse com a gente.

Fez eu rir algumas vezes, e acreditem que também chorei? É eu sei que não tem mais remédio que me cure. Fico sentimental até com problemas amorosos toscos de meninas de 15 anos, mas poxa ela não era uma menina qualquer, era uma 'Gallagher Girl'.

Eu demorei muito a ler o livro. Não consegui me 'acostumar' com a história, teve umas enrolações que me cansaram (será que é por ser velha!?), e só quando o Josh aparece que tudo fica mais interessante. Ai me apaixonei pelo Josh! Como eu gostaria de ter 15 anos novamente... que ótima idade, né? (Não entendo o motivo das meninas sempre quererem ter mais idade, é muita estupidez.)



O livro não causou muita histeria para eu escrever, por isso que está bem resumido. E contar qualquer coisa a mais da história, para mim tiraria um pouco do 'charme' dela. Torcendo que lancem logo as continuações aqui no Brasil, e que os próximos livros tenham mais momentos das meninas em ação e romance, é claro. Ah esse é mais um daqueles que mereciam um seriado. Seria demais!

  • MINI PROMO relâmpago: Estarei sorteando 2 marcadores (1 para cada post) do livro Cabeça de Vento, para os comentaristas dos seguintes posts do blog: Feios e As Chaves do Reino. Participem! Só vale comentário com perfil, e seguidor(na coluna ao lado) do blog! Postarei o resultado aqui no blog, na próxima semana!

Dani Fuller é administradora do blog e está sempre buscando algum diferencial para seus leitores. Sempre que possível ela posta resenhas de livros, dá dicas de séries, inventa promoções etc. Possui 28 anos, carioca, viciada em seriados, livros, filmes e compras. Adora voley e internet. Acompanhe seu blog pessoal e siga seu twitter @DaniFuller2. Leia também todos os seus posts já publicados.

4 Curiosos:

Nossa, amei a capa e a sinopse desse livro! E que nome comprido, ehn? o_o Nunca vi uma assim UAHSUAHUSA Mas sério, esse livro pulou vários da minha lista, já. Adorei!

E adorei mais ainda a promoção do marcador - é o que eu MAIS quero no momento. Espero que eu ganhe *-* E espere que eu vou colocar o sorteio do marcador Ela foi até o fim e +, ok? ;)

Já tinha visto a capa desse livro em algum lugar, só não me lembro aonde, adorei, eu quero *-* só uma coisinha, adoro ter 15 anos! hihi

O nome em inglês é realmente muito, mas muito melhor. Adoro esse negócio de espiãs, por isso comprei o livro :) Mas não gostei tanto assim dele. Quer dizer, a escola em si é absolutamente magnífica, AMARIA estudar lá, mas não sei se meu QI permitiria.
Não me lembro do Josh, comofas? hahaha Mas lembro que gostei do professor hmmm... Solomon? Algo assim?
Anyway, quero ler os próximos.

(Ah, por sinal. Também quero voltar a ter 15 anos. Não que eu tenha passado muito - tenho 17 - mas pelo menos quando eu tinha 15 não tinha que me preocupar com o raio do vestibular)

Beijo!

Ah, sim, coloquei seu link lá no blog :)

Obrigada por visitar o blog DaniFuller.com e seria ótimo que pudesse também deixar um comentário. O que acha?
Evite:
* Comentários anônimos
* Comentários ofensivos
* Comentários com propagandas de blogs e afins.

Não insista, pois todos serão excluídos. Existe uma opção de contato e parceria especialmente para isso.
Todos os questionamentos serão respondidos diretamente ai na parte de comentários, quem quiser pode deixar seu twitter acrescido do @ que envio o resumo da resposta direto por lá.