Livro: 120 Horas

Sinopse: ORIENTE MÉDIO, 1998. Intriga internacional, drama, amor, poder, traição e mistério estão na base deste arrepiante thriller de ação e suspense. Aurélio Marcondes Amorim, um cientista brasileiro de alto escalão, é friamente assassinado depois de anos trabalhando no obscuro programa nuclear da Síria. Seu desaparecimento é uma etapa fundamental para a consolidação de uma meta: dotar a Síria da bomba de hidrogênio, a mais poderosa e mortífera arma jamais concebida pelo homem. Na esteira da morte de Aurélio, algumas coisas começam a acontecer. No Rio de Janeiro, seu irmão, Horácio, aflito com o seu súbito silêncio, toma a decisão dramática de deixar o Brasil para localizá-lo a qualquer custo. Auxiliado pelo grande amigo Gabriel Karam, ele se lança numa busca frenética, que trará revelações inquietantes. Em Beirute, Randa Nohra, uma badalada estilista da alta sociedade libanesa, vê sua vida sofrer uma reviravolta, depois que o marido Fauzi, colega de Aurélio no programa nuclear, desaparece sem dar explicações. E quando um helicóptero é seqüestrado e uma carta misteriosa contendo um poema macabro anuncia um monumental ataque radioativo em plena Semana Santa católica, uma sucessão de crimes e acontecimentos perturbadores é deflagrada e tem início uma corrida desesperada contra o tempo, cujas conseqüências são imprevisíveis. 

Fugindo um pouco dos gêneros que tenho lido... senti até um choque. Isso fez com que a leitura demorasse muito mais que o esperado. O que facilitou foi a ótima narrativa.. o que me deu muito orgulho por tratar de um autor brasileiro. Ler algo assim faz sempre eu pensar.. caramba.. como consegue escrever dessa forma? Como consegue desenvolver tantas variáveis, personagens, personalidades... além de ter como cenários várias cidades... não é para qualquer um.. e ainda fazer tudo isso com um tema que não é nada fácil, juntando suspense e prendendo a atenção do leitor até a última página.

Não foi uma leitura fácil.. principalmente após ler tantos livros YA.. que normalmente possui uma linguagem mais simples. E fiquei um pouco perdida no meio de tanta gente e situações. Mas no decorrer do livro... vai se encaixando perfeitamente. Eu não havia cogitado a possibilidade do que acontece.. até que de fato acontece. Sim achei estranho o tal do Fauzi ter aquele plano mirabolante... principalmente depois dele encher tanto com o lance da esposa, mas sei lá... ele podia apenas ser um dissimulado como até mesmo Don desconfiou. O motivo das ‘120 horas’ também gostei, e só é mostrado no meio do livro. Mas até ai... continuamos acreditando no que os acontecimentos nos levam a pensar.

O que irritou foi ver Aurélio no final agindo de forma tão imbecil. Após aquela tentativa genial de fuga, ele apelar ao irmão e deixar ser pego em um aeroporto... é totalmente inaceitável para mim. O autor deve ter feito de propósito.. pois do ‘nada’ quer dizer acabei desconfiando... ele deixou uma pulga em nossas orelhas... e deixou em aberto a possibilidade de ser mais um plano dele.. e que ainda esteja vivo. Acho que nunca iremos saber de fato.. e fiquei querendo saber mais da trajetória dele.. por mais que ele não fosse uma figura do bem.. eu torcia para que conseguisse fugir.. e não apenas ser morto na tentativa de escapar.. e da forma mais banal possível.

Mais um livro nacional super recomendado!
 ps: este post ainda poderá será editado



Promoções rolando no blog:  
- 1 Kit do livro Entre o Amor e a Amizade (até 02/01)  
- 1 Box de seu seriado favorito
- 3 livros da série 'A Mediadora', de Meg Cabot (até 12/01)
- Livro Maldosas, de Sara Shepard (até 26/01)

Dani Fuller é administradora do blog e está sempre buscando algum diferencial para seus leitores. Sempre que possível ela posta resenhas de livros, dá dicas de séries, inventa promoções etc. Possui 28 anos, carioca, viciada em seriados, livros, filmes e compras. Adora voley e internet. Acompanhe seu blog pessoal e siga seu twitter @DaniFuller2. Leia também todos os seus posts já publicados.

19 Curiosos:

Parece interessante, e realmente diferente dos últimos livros "badalados" que tenho lido.

Uma opção a ser analisada com calma.

Parece ser interessante esse livro, mas acho que eu dificilmente leria. Quando leio algo que não costumo ler e ainda comço a demorar, acabo lendo outros ao mesmo tempo, e no final abandono o outro. Vergonhoso, eu sei...
Te coloquei como parceira lá no blog, Dani :D
xx

Me deu sono... hihihi... acho q foi mais por ontem ter jogado UNO até 2 da manhã... mas de qq forma naum me interessei muito pelo livro... e tbm a capa não é muito legal... posso estar enganado, mas enfim =P...

HUGS =D!!!!

adorei seu blog.. já estou seguindo e linkei no meu blog, pra indicar pras pessoas! Aparece no meu blog e, se gostar, segue e linka tb! hehehe.. obaaa, já estou participando das promoções tb, rsrs, amooo livros!! Beeijo!!

http://deinhamoura.blogspot.com/

Gosto desses tipos de abordagens, quando se mistura realidade com ficção. Pela resenha, este livro é uma obra nacional que eu vou querer ler!

Dani, um Feliz Ano Novo pra você!! Que o próximo ano seja cheio de realizações e alegrias!
Estou indo viajar e só volto ao blog ano que vem! rsrs


BeijoSSs

Eu adoro ler, quem sabe esse seja o primeiro livro de 2011, rsrs!! Beeijo!

Caraca, fiquei louquinha agora para ler esse livro! Parece genial... :)

Parece trama do Dan Brown rsrs

Beijos!

Este comentário foi removido pelo autor.

Nossa, a história parece ser bem diferente! Achei interessante, fiquei curiosa para saber o que acontece heheheh

Parabéns pela resenha!

Beijos,
Giselle

fiquei com vontade de ler *_* um tipo de narrativa que também não estou acostumada... interessante isso né? =D
beijos.

É sempre bom conhecer novos autores, principalmente brasileiros e tão bons assim (pelo o que você falou). Me deu vontade de ler, parece ser ótimo!!!

Beijos

Definitivamente, não faz meu tipo. Não sei como vou conseguir ler esse tipo de livro pro Desafio.

Que legal, Dani. Eu estou com outro livro dele aqui para ler, parece ser bem legal! Eu também estou lendo mais YA ultimamente, mas às vezes é legal diversificar. :D Beijos,

Bruno - minhaestante.com

Adorei o livro!
Esse tipo de livro faz parte da minha "outra face"... que não lê apenas YA e fantasia! rsrs
Bjo!

Gostei da sua resenha, apesar de não gostar de spoiler tive que ver esses...não resisti.

Vai pra minha lista!!!

Bye

Mudar nosse estilo de leitura sempre causa um baque no começo... mas que bom que isso não fez vc desistir de ler o livro.

Parece que o livro foi muito bom e mexeu com vc! Não gostei muito sa sinopse não, achei chato a temática do livro. Mas enfim, nem só de livros bons o mundo é feito.

XOXO, da Lisse

Realmente, não é o seu gênero literário, já que sempre está lendo YA e dizendo que não sabe se conseguiria ler um livro como 120 horas. Mas olha aí, conseguiu e fez uma resenha ótima!
Awn, eu amo ler livros ótimos e nacionais, fico tão orgulhosa.
A estória me parece incrível!
Beijinhos xx

Sera que este autor esta preparando continuacao, pelo que voce falou do final inusitado. Ainda nao li, mas parece ser muito bom.

Obrigada por visitar o blog DaniFuller.com e seria ótimo que pudesse também deixar um comentário. O que acha?
Evite:
* Comentários anônimos
* Comentários ofensivos
* Comentários com propagandas de blogs e afins.

Não insista, pois todos serão excluídos. Existe uma opção de contato e parceria especialmente para isso.
Todos os questionamentos serão respondidos diretamente ai na parte de comentários, quem quiser pode deixar seu twitter acrescido do @ que envio o resumo da resposta direto por lá.