Filme: Chicago

113 min || Filmow || Comprar


Infelizmente estive atrasado com minhas resenhas, mas para compensar, a Dani resenhou os filmes Maria Antonieta, Eu Sou O Número Quatro e Pânico 4 e hoje venho com a resenha do músical Chicago. Por sinal, este é o segundo músical que eu resenho.

Antes de falar sobre o filme, vamos falar sobre os tipos de músicais. Existem aqueles que as músicas são encaixadas de uma forma mais realísticas, digamos assim, como é o caso de Burlesque, onde os números músicais ficam no palco, durante as apresentações. Outros, a música é inserida de forma espontanea, no ritmo e com dança sincronizada, sem combinar ou ensaiar, como se tudo isso fosse normal e acontecesse em um passe de mágica, como a maioria dos músicais. E ainda há aqueles músicais onde as coisas se desenrolam normalmente, até que no momento das músicas, a cena é mostrada em outro lugar, ou até mesmo no mesmo lugar, mas com um figurino diferente, uma super produção e coisas que não estariam realmente acontecendo dentro do filme, é como um mundo paralelo onde acontecem as mesmas coisas com as mesmas pessoas, mas com música, super produção, glamour e surrealismo.

A história se passa em uma Chicago da década de 20, e se desenvolve em um presídio feminino, mais específicamente na ala das assassinas. Queen Latifah é Mama, a carcereira da ala das assassinas, que costuma ser amiga das presas e facilitar a vida de quem estiver disposta à pagar. Neste presídio estão Velma Kelly, interpretada magnificamente por Catherine Zeta-Jones, uma famosa vedete que mata seu marido e a própria irmã, porque encontra os dois na cama. Também temos Trixie, a protagonista interpretada por Renée Zellweger, uma aspirante a vedete, que é casada com um homem bom e desprezado, e se envolve com um amante frio que a engana, e vai parar nas páginas dos jornais, e na cadeia, justamente ao matar esse amante por vingança.

Billy Flynn, com uma ótima interpretação de Richard Gere, é um advogado criminalista especializado em mulheres, que nunca perdeu um caso. Embora extremamente talentoso, Billy é sem escrúpulos e transforma as clientes em celebridades adoradas, para ganhar a simpatia do júri.

Um filme que fala sobre crime, celebridades, imprensa, glamour entre várias outras coisas. Recomendo pra quem gosta de músicais, é bem divertido.




Wellington Wellington: 20 anos, mora em SP, vegetariano, alguns gostos estranhos, algumas manias, uma pessoa eclética, gosta de terror à comédia, do heavy metal à música clássica, para saberem mais é só ir aqui --> http://meadiciona.com/WSDIAS

14 Curiosos:

Wellington!
Dessa vez você botou para quebrar!!
PARABÉNS!
Esse musical é fantástico: figurino, as músicas, as cenas, os atores... tudo perfeito!
Amo o Richard Gere e a Catherine não fica atrás nem a Renne...
Quem não assistiu, assista, porque o filme vale muito a pena!
Obrigada!
cheirinhos
Rudy

E eu mais uma vez do contra... assisti esse filme na época em uma pré-estréia VIP acredita? 1ª e única vez affff e sinceramente achei meio sem noção...
sei lá foi bem estranho....

Ou talvez seja apenas eu hhihihihihi

bjsss
e senti sua falta

CALA A BOCA!!!!

Esse é meu filme preferido!!!!! Sou viciado em musicais e esse com certeza é o melhor de todos. Se me perguntarem quantas vezes já assisti ao filme minha resposta é simples: "Não tenho a menor idéia"... mas só pra ter uma noção, no dia que comprei o dvd assisti 5 vezes direto, ele acabava eu voltava no inicio e assistia de novo.

Foi um dos melhores papeis da Renee e da Catherine sem duvida, fora que as musicas não tem nem o que dizer... esse sim é um filme completamente borbulhante =D...

Dorei o post...

HUGS!!!!

Ainda não assisti Chicaco, mas adoro musicais. Mais um para a lista enormeeeee

Bjs

Também gosto de musicais :)
Então, juntando o Richard, a Renée e a Catherine deve ser pelo menos bom!
Bem, nos comentários tá 2x1 \o/

Bjus.

Minha amiga AMA esse musical e quando eu disse para ela que tinha um post aqui no blog falando dele ela enlouqueceu!
O trailer é muito bom gente! Deu vontade de assistir imediatamente.
Pelo visto a Dani é do contra mesmo kkkkk
Além disso, só tem top de hollywood aí: Catherine Zeta-Jones,Richard Gere,Renée Zellweger e Queen Latifah!
Quero ver esse filme! Falarei com minha amiga!

Um dos meus musicais preferidos! Mandou muito bemmm!

Sou viciando em musicais, e Chicago tem interpretações incríveis. Depois de Moulin Rouge e Mamma Mia, é sem dúvida o que mais gosto!

Oi!! Eu simplesmente detestei esse filme. Dormi sentada! hauhauha E depois abandonei, desisti de assistir. Bjs!

Eu amo musicais mais ainda não vi esse e não sei pq, rs. Adorei sua explicação sobre os tipos de musicais.

Não sou super fã de musicais, mas acho esse o máximo.
Adoro o estilo e as músicas!
Bjkas,
Monique

Nunca tinha ouvido falar desse filme, e se visse a capa não acharia que tem se passa em uma prisão e que acontece tudo isso. Gostei demais da dica, afinal amo musicais....dica anotada...beijokas elis!!!!

eu ADORO esse filme! Tenho ele aqui na minha coleção! Sou fã de musicais *___*
Beijinhos,
@CamilaCandomil

O filme tem realmente cenas lindas.
Mas sei lá acho que os musicais de hoje em dia não tem o memso glamour de musicais de antigamente.

Sem falar que tenho certa implicância com musicais que as pessoas passeiam na rua e do nada começam a cantar e a dançar sem motivo nenhum.Já vi uns filmes assim e ninguém merece.

Bye

Mais um filme que eu não conhecia. Acho que estou meio por fora dessas coisas, preciso me atualizar.
Esse está na lista de filmes que eu tenho que assistir com certeza.

Obrigada por visitar o blog DaniFuller.com e seria ótimo que pudesse também deixar um comentário. O que acha?
Evite:
* Comentários anônimos
* Comentários ofensivos
* Comentários com propagandas de blogs e afins.

Não insista, pois todos serão excluídos. Existe uma opção de contato e parceria especialmente para isso.
Todos os questionamentos serão respondidos diretamente ai na parte de comentários, quem quiser pode deixar seu twitter acrescido do @ que envio o resumo da resposta direto por lá.