Essa Semana #34


Meme semanal hospedado pelo Lost in Chick Lit, onde compartilhamos pequenas informações sobre a nossa semana literária. Tendo como principal objetivo encorajar a interação entre os blogs literários brasileiros, fazer amizades e conhecer um pouquinho mais sobre outras pessoas apaixonada por literatura. Tem interesse em participar? Saiba como aqui! Não deixe de ler as outras postagens da coluna. Clique aqui! Adaptação Open Page e Sempre Romântica.
⇒A Semana:
"Teve tudo de bom e tudo de ruim.. o que apenas pode dizer que o equilibrio do Universo está ok." 
 
⇒Leitura do momento:
É... nada ehehee ~ começo só amanhã uma nova

⇒Li essa semana: 
A Janela de Overton (Glenn Beck) ~ 4 dias ~ 384 páginas
Um Amor para Recordar (Nicholas Sparks) ~ 2 dias ~ 184 páginas

⇒Resenhados no blog essa semana:
Filme: A Fera (Beastly) 
Filme: Sucker Punch - Mundo Real
Livro: Ghost Girl (Tonya Hurley)
Livro: Quarto (Emma Donoghue)
Livro: A Janela de Overton (Gleen Beck) 

⇒Assisti essa semana:
01x09: The Voice
01x10: The Voice
08x08: So You Think You Can Dance ★★★
08x09: So You Think You Can Dance ★★
02x04: White Collar ★★
02x05: White Collar ★★
02x02: Pretty Little Liars ★★ *lixo*

⇒(re)Assisti essa semana:  
~
 
⇒Chegou para mim (compras, presentes, promoções etc):
Aguarde o próximo Momento Becky

⇒Desejo Comprar Urgentemente:
nada (OMG)

⇒Livro que já está na estante e estou doida pra ler:
Traições [4]

⇒Conversa imaginária com personagem fictício:
~

⇒Eu falaria para o autor: 
~

⇒Estado de Espírito Literário:
-

⇒ Paixão fictícia do momento:
-

⇒Super Quote:
A Janela de Overton
"Quantas vezes precisamos aprender as mesmas lições? Deixe que os comilões inúteis saiam à procura da felicidade, e o resultado é sempre massacre e caos, pobreza e desespero."

"Existem homens fortes e fracos/ Existem homens certos e outros que estão errados em seu saber / Mas de todos os homens que se amontoam pelo mundo / Existe somente uma única verdade: só os mais aptos vão sobreviver."

"É impossível ler os pensamentos de uma pessoa, mas com certeza dá para vê-la pensar."

"(...) Segundo Discurso Inagural de Thomas Jefferson. Noah leu um trecho:
'Não temo que quaiquer motivos de meu interesse possam me desencaminhar; não me sensibilizo por nenhuma espécio de paixão capaz de me seduzir e desviar do caminho da justiça, mas as fraquezas da natureza humana, os limites da minha própria compreensão produzirão erros de julgamento por vezes ofensivos a seus intersses. Precisarei, portanto, de toda a indulgência até aqui concedida por meus eleitores, e que certamente não há de ser menos necessária com o passar dos anos.'
Enquanto lia, Noah ficou impressionado por uma diferença fundamental entre o tom dessas palavras e o discurso político de épocas posteriores. (...) Era uma profunda humildade, como se nada fosse mais importante do que expressar a honra que ele sentia por ter sido escolhido como o guardião das preciosas liberdades do povo."

 ⇒Pra você participar aqui no blog:
100+ Reading Challenge            ~~   44%

⇒Vi e viciei: 
box da Philippa Gregory OMG
 A capa desse livro pessoalmente é a coisa mais lindaaaaaa
Uma escrava muda conta um segredo guardado durante 200 anos; um escravo apaixona-se por quem não deve; uma carioca leva um português a descobrir as delícias do sexo; um cientista judeu a quem são confiados dois livros raros naufraga nas ilhas Malvinas. Estas são algumas das personagens deste romance, que nos narra a vida de Luís Joaquim dos Santos Marrocos, um bibliotecário hipocondríaco que, em 1811, atravessa o Atlântico rumo ao Brasil acompanhado por 76 caixotes cujo conteúdo era verdadeiramente precioso: no seu interior seguia a Real Biblioteca do Palácio de Ajuda, inicialmente esquecida no cais de Belém aquando da saída apressada da Corte portuguesa para o Brasil em 1808. A chegada ao Rio de Janeiro não foi fácil para Marrocos ao deparar-se com uma cidade onde nada o seduzia, - nem a comida, nem os cheiros, nem o calor - e com uma corte endividada, amante de cerimónias grandiosas e grosseira nos seus costumes diários. Mas tudo mudou quando conheceu Ana de Souza Murça. A autora descreve-nos uma vida rica em acontecimentos inesperados, onde a ironia se mistura com momentos comoventes. Depois do sucesso de O Segredo da Bastarda Cristina Norton volta a deslumbrar-nos com o seu estilo expressivo e inovador assente numa pesquisa histórica séria. Este romance enfeitiçará e prenderá o leitor.

Inquisição: O Reinado do Medo é um trabalho de fôlego do jornalista e professor Toby Green sobre a perseguição religiosa institucionalizada por Espanha e Portugal em seus domínios, desses que se tornam referência para os interessados e estudiosos do tema. Durante quatro anos, o autor vasculhou alguns dos mais emblemáticos centros de memória e pesquisa do mundo - entre os quais os arquivos Secreto do Vaticano, o Geral das Índias e o Histórico Nacional, em Madri, as bibliotecas Britânica e a da Ajuda, em Lisboa, além do Museu do Prado. Ao proporcionar uma leitura ampla dos eventos e relatos estudados, Green remete-se a Freud ao apontar a neurose, a repressão e as distorções de sexualidade como causas principais das mortes e dos tormentos sofridos em nome da fé e de Deus. A Inquisição foi, por trezentos anos, a mais eficiente máquina burocrática de repressão do mundo que assombrou o imaginário coletivo com base na pedagogia do medo. Foi fruto mais de motivações políticas do que religiosas, sendo controlada pela coroa espanhola sem a interferência do papa. E resultou extremamente rentável para seus perpetuadores. O papado havia criado uma instituição semelhante no fim do século XII. Mas a reinvenção dos "reis católicos", estabelecida para varrer os hereges de seus domínios, serviu, sobretudo, para que Fernando de Aragão e Isabel de Castela assegurassem o controle do território espanhol, marcado pela convivência, no passado, entre cristãos, judeus e muçulmanos.

Book trailer do novo livro do Luis Eduardo Matta


É só comentar para ganhar --- Participe da etapa mensal do Top Queridos!

Dani Fuller é administradora do blog e está sempre buscando algum diferencial para seus leitores. Sempre que possível ela posta resenhas de livros, dá dicas de séries, inventa promoções etc. Possui 28 anos, carioca, viciada em seriados, livros, filmes e compras. Adora voley e internet. Acompanhe seu blog pessoal e siga seu twitter @DaniFuller2. Leia também todos os seus posts já publicados.

0 Curiosos:

Obrigada por visitar o blog DaniFuller.com e seria ótimo que pudesse também deixar um comentário. O que acha?
Evite:
* Comentários anônimos
* Comentários ofensivos
* Comentários com propagandas de blogs e afins.

Não insista, pois todos serão excluídos. Existe uma opção de contato e parceria especialmente para isso.
Todos os questionamentos serão respondidos diretamente ai na parte de comentários, quem quiser pode deixar seu twitter acrescido do @ que envio o resumo da resposta direto por lá.