Filme: A Fera (Beastly)

82 min || Filmow || Compre
Sinopse: Kyle Kingson (Alex Pettyfer) é um jovem que tem tudo: inteligência, beleza, riqueza e boas oportunidades, mas possui uma personalidade perversa e cruel. Após humilhar uma colega de classe, ele é amaldiçoado por ela para se tornar tudo o que ele despreza. Nervoso com a sua nova e horrível aparência, Kyle vai atrás da garota e descobre que só terá a sua beleza de volta se fazer com que alguém consiga amá-lo, algo que ele considera impossível.
Não lembro qual conheci primeiro.. o livro ou o filme. Sei que quando vi a capa/poster já havia despertado meu interesse. Mas ai vários meses passaram até o livro estar disponível para eu assistir.

"As pessoas gostam de pessoas bonitas. Quem falar o contrário é burro ou feio."

Vamos ser francos. Quem nasce com tudo da beleza ao dinheiro tem é muito do que agradecer, mas infelizmente poucos irão recordar disso. E é quase assim a vida de Kule. E não foi apenas um acaso da natureza, pois foi claramente genético. E até acho que as atitudes do pai contribuiram para o filho acabar se tornando assim. Não que seja desculpa. Se não podemos justificar algo assim vindo de pessoas marginalizadas.. imagina de um riquinho bonitão.

"Meu pai sempre disso que o quanto gostam de você é proporcional a sua aparência."
Quem me dera se a cada esquina existisse uma bruxa do tipo do filme para dar uma boa lição de moral em certas pessoas. E vou dizer que até ai o filme parecia estar seguindo o caminho certo.. e me prendendo bastante. E ai ele se perde. Não sei dizer o certo o que foi que faltou.. acho que tudo... e por falta de uma palavra melhor ele é apenas tosco. Não me simpatizei com o casal... eu gostei até do Kyle mais como fera.. e o Alex que falei muito mal em Eu Sou o Número 4 conseguiu ter bons momentos aqui sendo um 'feioso'. Mas foi tudo tão sem sentido.. e nem falo da parte da 'maldição' ou sei lá o que era aquilo.. e sim todo o resto que aconteceu... ele seguir Lindy, o pai dele.. o pai de Kyle trancá-lo em um apartamento.. as atitudes do tutor.. da empregada.. e depois ele se apaixonar por ela...parecia mais um comportamento do Kyle bonito... para não ter mais que permanecer naquele estado. Foi forçado.. não senti nada por eles... e detesto quando não me apego ao casal dos filmes.. fala sério né? O final em si foi um pouco mais interessante...ver ele passando por cima de seu 'medo' de enfrentar os demais ao ir atrás dela nos corredores do colégio... o filme deixava óbvio o que aconteceria, mas posso dizer que achei bonitinho. E o que ele fala para ela também: "Can you imagine that love?".

Eu nao recomendaria o filme.. mas sei que vão querer assistir da mesma forma.. e talvez até gostem. Mas sinceramente não é para mim.


É só comentar para ganhar --- Participe da etapa mensal do Top Queridos!

Dani Fuller é administradora do blog e está sempre buscando algum diferencial para seus leitores. Sempre que possível ela posta resenhas de livros, dá dicas de séries, inventa promoções etc. Possui 28 anos, carioca, viciada em seriados, livros, filmes e compras. Adora voley e internet. Acompanhe seu blog pessoal e siga seu twitter @DaniFuller2. Leia também todos os seus posts já publicados.

0 Curiosos:

Obrigada por visitar o blog DaniFuller.com e seria ótimo que pudesse também deixar um comentário. O que acha?
Evite:
* Comentários anônimos
* Comentários ofensivos
* Comentários com propagandas de blogs e afins.

Não insista, pois todos serão excluídos. Existe uma opção de contato e parceria especialmente para isso.
Todos os questionamentos serão respondidos diretamente ai na parte de comentários, quem quiser pode deixar seu twitter acrescido do @ que envio o resumo da resposta direto por lá.