Harry Potter e as Relíquias da Morte parte 2

Por Victor Adriano

Depois de quase quatro horas na fila do cinema, depois de emburra-emburra, depois de toda a gritaria para conseguir entrar na sala, finalmente eu estava lá sentado em uma poltrona para assistir ao ultimo Harry Potter!
Todo o esforço valeu à pena, pois o ultimo filme da saga honrou aos fãs, e foi uma homenagem a quem acompanhou o Harry desde criança quando ainda não sabia os perigos que estava destinado a correr, até hoje, o dia em que ele enfrenta o seu destino de frente. Começando exatamente da mesma cena em que a parte 1 havia parado, o filme mostra o esforço de Harry, Rony e Hermione para aniquilar as Horcruxes  restantes e finalmente acabar com o Lord das Trevas.
Logo no início ficamos encantados com os efeitos especiais, principalmente na hora da libertação do dragão de Gringotes. Na verdade essa cena tem muitos destaques, entre eles a atuação absolutamente perfeita (não encontro outra palavra) da Helena Bonham Carter, dando vida a uma Hermione “fantasiada” de Belatriz após uma poção polisuco. As primeiras cenas do filme, apesar de estarem igual ao livro, passaram muito rápidas, e em menos de uma hora de filme já estávamos de volta a Hogwarts em meio à guerra.
Maggie Smith dando vida à professora Minerva Mcgonagall, roubou as primeiras cenas desta guerra, em meio as lágrimas pudemos dar uma risada quando a professora pede para Neville explodir tudo! Outra atuação impecável ficou por conta de Alan Rickman, o Severo Snape, que era o personagem mais intrigante de toda a saga, levando todo o destaque no ultimo livro e no filme não foi diferente. As revelações das memórias do professor a Harry foi o momento de emoção máxima para todos na sala, a partir daí só escutava os soluços das pessoas (e me inclui nisso hahahaha).
Finalmente chegara o momento em que todos estavam esperando, Harry Potter teria que enfrentar o Lord Voldemort, uma coisa que me agradou bastante foi o fato de que esse momento não foi igual ao livro, houve mais batalhas, aonde podíamos ficar encantados com os efeitos especiais. A sequência final também não foi igual ao livro, mas foi de uma forma encantadora, muito bonita.
Não quero dizer nenhum spoiler para quem ainda não assistiu ao filme, mas quem está com dúvidas (se é que tem alguém com duvidas ainda) pode ir assistir ao filme tranquilamente, porque com certeza é o melhor da franquia, tanto em roteiro e direção, quanto atuação e efeitos especiais. Harry Potter acabou, mas viverá para sempre em nossos corações.


Obrigada Victor pelo belo texto.... sei de sua paixão por toda a série e isso juntando livros e filmes..... E agora deu ainda mais vontade de assistir...mesmo não tendo acompanhado sempre.

Dani Fuller é administradora do blog e está sempre buscando algum diferencial para seus leitores. Sempre que possível ela posta resenhas de livros, dá dicas de séries, inventa promoções etc. Possui 28 anos, carioca, viciada em seriados, livros, filmes e compras. Adora voley e internet. Acompanhe seu blog pessoal e siga seu twitter @DaniFuller2. Leia também todos os seus posts já publicados.

0 Curiosos:

Obrigada por visitar o blog DaniFuller.com e seria ótimo que pudesse também deixar um comentário. O que acha?
Evite:
* Comentários anônimos
* Comentários ofensivos
* Comentários com propagandas de blogs e afins.

Não insista, pois todos serão excluídos. Existe uma opção de contato e parceria especialmente para isso.
Todos os questionamentos serão respondidos diretamente ai na parte de comentários, quem quiser pode deixar seu twitter acrescido do @ que envio o resumo da resposta direto por lá.