Livro: Emily, The Strange: Os Dias Perdidos

Sinopse: Emily the Strange: 13 anos. Poderia pular de prédios muito altos, se estivesse a fim. É mais provável que esteja cochilando ao lado de seus quatro gatos pretos; ou montando rapidamente um acelerador de partículas com fios de algodão, lentilhas e alfinetes de segurança; ou tocando bateria/guitarra/saxofone/cítara; ou pintando um mural furioso no esgoto; ou forçando alguém a dizer “três tigres tristes” treze vezes e bem rápido... Para poder apontar na cara desse alguém e rir.
 Autor: Rob Reger || Skoob || Comprar

E aqui vão as 13 coisas que eu pude destacar após terminar a leitura do livro Emily, The Strange:
01) O título do livro é um grande spoiler!
02) A Emily é a coisa mais fofa do mundo.. e eu quero muito uma para mim.
03) O desenho dela é tão vivo e bem feito que a simples possibilidade de adquirir uma faz eu querer desistir.. sabe o motivo? Depois eu explico.
04) A história é muito bem desenvolvida, mesmo quando você acha que ficará cansativa ela apresenta situações inusitadas e muito engraçadas e bem você pode sempre retornar ao item 2 para se manter ‘ligada’ na história.
05) E como falei no item 04, é simplesmente genial!!!!! Tudo ser contado como um diário da personagem é muito real... você tem aquela impressão que está passando por isso junto com ela.. ou que achou em algum lugar ele e começou a ler e tal.. as diagramações, as reações..é tudo muito perfeito!!
06) Apesar de sua amnésia, nada que está em sua volta fica sem um comentário ou uma especificação no seu caderno.. e assim fica fácil conhecer as outras pessoas, o lugar que está.. e bem preciso ressaltar o item 02 mais uma vez hihihi.
07) Não é apenas sobre uma menina (ou alguém muito baixinha? Ah ah ah ah piada do livro rs) que teve amnésia.. também conhecemos sua personalidade, sua história.. e existe todo um mistério envolvendo sua chegada e também da cidade em que ela se encontra
08) Somos surpreendidos com os enredos de Haven, Molly, Emma, Schnider, os gatos, a amnésia...
09) Com tudo que vai acontecendo..e depois no final.. você nem mesmo acharia tão necessária a inclusão de apêndices... mas eles deixam tudo ainda melhor.
10) Assim é esclarecido como e porquê de tudo ter acontecido. E não é que você fique sem saber antes... é muito dinâmica a narrativa e mesmo não sendo tão direta (afinal nossa protagonista nem lembra quem ela é) não te deixa totalmente perdida.
11) Sendo o item 2 tão explícito, fica impossível você se manter apenas ao que o livro te proporciona.. surge uma vontade louca de ver e ter tudo relacionado a ela.. e vou dizer não são poucas coisas (aii meu bolso!)
12) Nem tudo é perfeito, e você acaba até ficando frustrada por morar em um lugar como o Brasil onde tudo precisa ser importado e tal.. mas ai você acaba encontrando algo que enche seus olhos.. mas ele enche tanto.. que até te perturba.. e bem te deixa receosa ihhiihih conforme citei no item 3. Não sei se conseguiria ficar sozinha, em um cômodo, com uma boneca fofaaaaaaaa, mas de olhos tão vivos e mal-encarada ahahahaha.
13) Adorei saber quem é Emily, e passar esses momentos com ela.. e vou dizer se ela não fosse tão assim de cabelo preto.. e vestindo o mesmo vestido preto.. e seu gosto por coisas esquisitas e gatos.. e claro ser meio que muito inteligente.. ela seria muito igual a mim =)... temos um detalhe (que é dos mais gritantes) que temos muito em comum.. fiquei impressionada.. e claro preciso de uma camisa e de uma bolsa com todas aquelas frases que só a Emily poderia dizer/pensar hihihihi. Mas voltando ao assunto... segue abaixo:
"O mais complicado é conceber uma forma de organizar todas as lembranças em categorias. (...) Aqui estão algumas de minhas preferidas: 
(...)
Varrer é divertido - 89 lembranças
Travessuras hilárias de gatos - 23.957 lembranças
(...)
Pessoas são legais - 2 lembranças
Melhor deixar as pessoas pra lá - 234.905 lembranças
Aranhas são bem bonitas - 54 lembranças (...)"
Não sei se vão perceber a semelhança (e a brincadeira), mas vale ressaltar o quanto a experiência da leitura foi gratificante e estou encantada com a Emily.. deu para ver, né? ;). E que a maneira que escolhi para fazer a resenha de hoje foi uma total influência dela.. depois que tiverem a chance de ler vão entender. 

E não esquecendo.. se você não viu meu post de divulgação do livro.. passe lá agora.. e veja o incrível trabalho da capa.. e os desenhos... e alguns itens que você pode encontrar pela net. É de babar, viciar e nunca mais parar. E que venham os próximos livros!!!
 Arte do livro / Capa e interior ★★★★
Tempo de leitura / Narrativa
Objetivo / Impacto 

Dani Fuller é administradora do blog e está sempre buscando algum diferencial para seus leitores. Sempre que possível ela posta resenhas de livros, dá dicas de séries, inventa promoções etc. Possui 28 anos, carioca, viciada em seriados, livros, filmes e compras. Adora voley e internet. Acompanhe seu blog pessoal e siga seu twitter @DaniFuller2. Leia também todos os seus posts já publicados.

0 Curiosos:

Obrigada por visitar o blog DaniFuller.com e seria ótimo que pudesse também deixar um comentário. O que acha?
Evite:
* Comentários anônimos
* Comentários ofensivos
* Comentários com propagandas de blogs e afins.

Não insista, pois todos serão excluídos. Existe uma opção de contato e parceria especialmente para isso.
Todos os questionamentos serão respondidos diretamente ai na parte de comentários, quem quiser pode deixar seu twitter acrescido do @ que envio o resumo da resposta direto por lá.