Livro: A Esperança

Sinopse: (cortado pelos spoilers) Mas as regras do jogo mudaram: com a chegada dos rebeldes do lendário Distrito 13, enfim é possível organizar uma resistência. Começou a revolução. A coragem de Katniss nos jogos fez nascer a esperança em um país disposto a fazer de tudo para se livrar da opressão. E agora, contra a própria vontade, ela precisa assumir seu lugar como símbolo da causa rebelde. Acompanhe Katniss até o fim do thriller, numa jornada ao lado mais obscuro da alma humana, em uma luta contra a opressão e a favor da esperança.
E chega ao fim mais uma saga... depois do simplesmente espetacular Jogos Vorazes, um quase tão quanto fascinante Em Chamas, temos sua conclusão no preocupante A Esperança. Faz quase 1 mês que terminei a leitura e continuo sem ter a mínima idéia do que escrever por aqui.. e a única coisa que dá vontade é de tirar todo o endeusamento que fizeram com a série. Realmente ela até se tornou minha favorita por alguns aspectos, mas ver tantos desmerecendo uma série que é sim simplesmente perfeita como Feios a favor de Jogos Vorazes é porque realmente alguém tem algum tipo de problema. Eu ou outros ah ah ah.. lógico que todos vão optar por mim, mas o que posso dizer se Jogos Vorazes apesar de causar tanto furor foi diminuindo o ritmo no decorrer dos livros e da conclusão de sua história? ~  SEM SPOILERS ~

Não vou também só meter pau em tudo, pois ela está longe de ser algo horrível e desprezível, continuo recomendando para quem for seus livros.. só quero que sejamos justos e coerentes. Em A Esperança fiquei tentada a achar tudo realmente muito inferior, felizmente a autora fez uma boa reviravolta e até mesmo fez eu mudar de opinião sobre meu Team que sempre foi Gale. E ai curioso para ver o que ela aprontou para isso acontecer? ~ eu costumo ser bem cabeça dura.. e raramente mudo de opinião sobre algo rs rs rs rs.

Diante a minha tremenda expectativa pelo terceiro livro... estava achando tudo aé que bem, e de bônus ainda podemos acompanhar mais Gale que nos livros anteriores quase não tem destaque. Senti falta da Arena (e não gosto de carnificina não), mas lá temos a maior concentração de tensão e emoção.. por motivos óbvios aqui são menores. O que salva sempre é tudo sobre Katniss, continuo sendo sua fã e sentindo algo extraordinário por essa personagem.. acabava sempre me emocionando com tudo aquilo sobre o símbolo. Afinal ela é uma pessoa comum e ao mesmo tempo forte e representa A Esperança para tanta gente. Tivemos um discurso que foi impossível segurar as lágrimas e aguardando ela seguir para a luta e ver no que ia dar.

No meio do livro eu que já estava perdendo as minhas esperanças. Parecia um esforço máximo de minha parte em querer que o livro fosse bom quando na verdade não era bem assim. Estava faltando algo (ainda mais) do que eu já tinha percebido no Em Chamas. E volto a repetir que não era ruim, a narrativa continua intensa.... meus sentimentos pela Katniss só aflorando mais e mais.. e ainda temendo por aquele destino cruel dela, e eu esperando algo pelo Gale, depois um super choque com a situação de Peeta. Já não sabia mais o que esperar, talvez o momento crucial para salvar toda a história... segui com fé.
"Nós somos volúveis, seres estúpidos com memória fraca e um grande talento para a autodestruição"
A finalização foi um tiro bem no meio do meu ponto fraco... já não sabia se amava ou odiava.. sei que não poderia dizer tantos horrores assim sobre tudo que li. Fiquei frustrada pela projeção que criei, e acabou sendo totalmente diferente... mas foi bom, afinal eu tive a reviravolta que tanto desejei (apenas lembre-se cuidado com o que desejas!). E mesmo diante de tropeços e inferioridade em relação aos livros anteriores, acontece um ótimo fechamento para tudo ~ sem conto de fadas, seguindo o estilo real e brutal. Vamos lá.. foi perfeito na medida do que poderia ser. E sim, chorei até secar.
Arte do livro / Capa e interior
Tempo de leitura / Narrativa
Objetivo / Impacto 
FORMULÁRIO TOP QUERIDOS OUTUBRO




Dani Fuller é administradora do blog e está sempre buscando algum diferencial para seus leitores. Sempre que possível ela posta resenhas de livros, dá dicas de séries, inventa promoções etc. Possui 28 anos, carioca, viciada em seriados, livros, filmes e compras. Adora voley e internet. Acompanhe seu blog pessoal e siga seu twitter @DaniFuller2. Leia também todos os seus posts já publicados.

0 Curiosos:

Obrigada por visitar o blog DaniFuller.com e seria ótimo que pudesse também deixar um comentário. O que acha?
Evite:
* Comentários anônimos
* Comentários ofensivos
* Comentários com propagandas de blogs e afins.

Não insista, pois todos serão excluídos. Existe uma opção de contato e parceria especialmente para isso.
Todos os questionamentos serão respondidos diretamente ai na parte de comentários, quem quiser pode deixar seu twitter acrescido do @ que envio o resumo da resposta direto por lá.