Livro: O Fogo

Título: O Fogo
Autora: Katherine Neville
Série: Montglane Service, #2
Páginas: 499
Sinopse: Nesta obra, continuação do livro "O enigma do oito", a autora intercala a trajetória de duas heroínas, em épocas e lugares diferentes, ambas envolvidas com o paradeiro do misterioso tabuleiro de xadrez de Carlos Magno. Enquanto isso, reencontros aparentemente sem razão revelam movimentos perigosos no jogo, tanto no passado quanto no presente.
Quem acompanha o blog já sabe que a principal leitura e destaque de 2011 foi O Enigma do Oito, logo eu estava na expectativa em como seria ler uma continuação lançada 20 anos depois? Por sorte eu não precisei esperar esse tempo todo para seguir nessa incrível jornada que é vista em O Fogo. E mais uma vez não irei comentar sobre o livro em si, e sim de minhas impressões e sentimentos.

Minha falta de tempo para seguir com a leitura estava me incomodando demais...principalmente pelo livro necessitar de um acompanhamento mais preciso para que não ficasse tão perdida. Lógico que fiquei e ainda continuo. Foram 24 dias 'lendo' apesar de muitos dias nem conseguir chegar próxima a ele (apesar da vontade eterna). Criei expectativas altas para algo que não necessitava de tanto... sua herança já vale isso... mesmo que o livro não fosse bom... o que a autora desenvolve ou tenta desenvolver faz você sentir um simples mortal ignorante. As faltas que senti em O Enigma do Oito ela tenta suprir aqui, mas conectando ainda as mais diversas situações. 

A autora foi ainda mais feliz 'explicando' o que representa o livro O Enigma do Oito e é realmente isso.. ele é tão difícil de explicar.. catalogar.. "Não havia outros livros como aquele. Com duas histórias interconectadas e passadas num intervalo de duzentos anos, sessenta e quatro personagens, todas elas peças no jogo de xadrez que era a trama, narrativas dentro das narrativas, códigos sherloquianos, quebra-cabeças mágicos ao estilo dr. Matrix, parecia mais um mapa interglático de relacionamentos no universo do que um romance.

Meus pontos negativos estão relacionados a trama demorar a desenvolver...e ter muita informação 'histórica' sem eu necessariamente ter subsídios para entendê-los... óbvio que também estar no 'escuro' é o que faz tudo ser ainda mais interessante... fiquei chocada com algumas mortes, alguns aparecimentos, as surpresas.... e fiquei intrigada em tudo que ia desenrolando. A narrativa que marcou no livro anterior, não foi vista exatamente aqui (e eu senti falta). Em O Fogo ficaram inferiores. Mesmo não estabelecendo aquela ligação comigo que o Enigma do Oito fez.... a história do segundo livro entrará, sem dúvida, para o rol de livros especiais. Friamente pensando.... é impossível alguém normal conseguir escrever algo assim.
 "A idéia não era possuir poder, mas criar o equilíbrio"
Nos agradecimentos, a autora fala de todos que contribuiram na pesquisa e escrita dela, e você percebe o tempo que ela se dedicou a isso... e o quanto realmente 'o livro' acabou por assumir uma vida própria.
"E se juntarmos todas essas peças e seguirmos as instruções, nada será impossível. Poderemos colocar a nós mesmos e o mundo numa trilha melhor, num 'caminho' de iluminação e alegria." 
 Mesmo caindo em um total clichê, a conclusão de uma premissa original... deixo a autora e seus livros em uma patamar elevado.. que poucos alcançarão... a facilidade que ela envolveu a ficção e o real... e a sua imposição particular... fazendo eu querer estudar e ler mais sobre tudo que ela fala ali... E mesmo Katherine achando que o livro não merece cair em um ciclo vicioso que acaba gerando uma série/sequências... é tão complicado me despedir dessa família e do xadrez =(... quanto tempo ainda vai demorar para eles lançarem um filme hein!?
"Mas qual é o sentido do idealismo quando os ideais são falsos?
Arte do livro / Capa e interior
Tempo de leitura / Narrativa
Objetivo / Impacto 
FORMULÁRIO TOP QUERIDOS DEZEMBRO

Dani Fuller é administradora do blog e está sempre buscando algum diferencial para seus leitores. Sempre que possível ela posta resenhas de livros, dá dicas de séries, inventa promoções etc. Possui 28 anos, carioca, viciada em seriados, livros, filmes e compras. Adora voley e internet. Acompanhe seu blog pessoal e siga seu twitter @DaniFuller2. Leia também todos os seus posts já publicados.

6 Curiosos:

Bem intenso o livro, hein?
Acho que foi isso que me passou ao ler a tua resenha. Um livro que é uma continuação escrita 20 anos depois de seu antecessor é pra ver pelo menos algumas mudanças na leitura e escrita do autor, é bom isso.
Estou colocando os dois na lista de livros para ler, mesmo não sendo ambos o meu estilo você me deixou intrigada no que contou nas resenhas ^-^

Bjus =*

Legal a história se passar 20 anos depois.
Estou bastante curiosa com O Enigma do Oito e logo eu vou ler.
Se lançarem um filme tomara que não fique nas histórias fracas que diretores ou roteiristas insistem em modificarr nas adaptações.

----Leituras & Fofuras----
www.leiturasefofuras.com.br

História bem interessante. Me cativou.
retalhosmomundo.blogspot.com

Feliz 2012!!!!!!!!!

Dani, vou confessar, to com medo de ler o enigma do 8 rsrs
Você fala que é complexo, bem estruturado e to com medo de não entender nada hahaha
Mas vou ler sim. Acho bacana isso de 20 anos depois e ainda gira em torno do tabuleiro né?
Adoro códigos sherloquianos, sou daquelas que adora resolver os mistérios e como sou tão curiosa, vou logo pro final, mas com esses não dá, tem que entender tudo direitinho. Outra coisa são os pontos históricos. É super 10 mas não sei se eu lembro de tudo, sem falar que nunca fui tão empolgada com história, nem sei pq faço direito afinal ¬¬, mas espero que seja bem explicado. Depois desse tem mais um ou para em o fogo? Bem, agora tenho que esperar outra promo pra comprar esse, não é barato não rsrsrs
Bj

Parece uma leitura bem complexa, que demora a ser 'digerida'.
Ainda não li O Enigma do Oito (pois é. sei que é incrível e já está na estante a tempos...), mas esse mês vou ler. Até para entender melhor o contexto e o pq esse não é uma continuação tão tão incrível assim.
Tem outros livros na série ou são só os dois?
Bjkas,

Monique Martins
MoniqueMar
@moniquemar

Dani, nem sei o que dizer porque não li O Enigma do Oito. Só sei que fiquei feliz ao perceber que na sua resenha de O Fogo não há nada de Spoilers.
Entendi que há 64 personagens (o que é isso, meu Deus?) e que a história é quase como um tabuleiro de xadrez... Tô certa?
Caramba! A autora deve ter demorado um tempinho pra pensar em tantas coisas.
Beijão

Obrigada por visitar o blog DaniFuller.com e seria ótimo que pudesse também deixar um comentário. O que acha?
Evite:
* Comentários anônimos
* Comentários ofensivos
* Comentários com propagandas de blogs e afins.

Não insista, pois todos serão excluídos. Existe uma opção de contato e parceria especialmente para isso.
Todos os questionamentos serão respondidos diretamente ai na parte de comentários, quem quiser pode deixar seu twitter acrescido do @ que envio o resumo da resposta direto por lá.