Filmes: Ela é o Cara e Ela e os Caras (Parte II)


Titulo: Ela e os Caras
Atores: Amanda Bynes  || Matt Long 
Diretor: Joe Nussbaum
Duração: 108min
Disponível: Online || Compra
Disponível: Troca || Trailer 

Resenhados por @GreicySantos 
Sydney acaba de entrar para a faculdade e precisa encontrar um lugar para morar. Ela é obrigada a dividir uma casa com mais sete colegas, considerados fracassados. Durante seu primeiro ano como caloura, Sydney faz amizade com seus companheiros e se sente sensibilizada com a situação dos sete amigos. Com a ajuda do conquistador Tyler, Syd organiza sua gangue para revolucionar o sistema de uma vez por todas, começando uma campanha para assumir a liderança estudantil.

Sydney é uma garota que cresceu sem a figura materna. Seu pai fez tudo o que pode pra criar a filha, mas sabemos que nada substitui para um filho a figura da mãe e principalmente para uma mulher uma figura feminina em que se espelhar. Mas ela acha uma chance de se aproximar da mãe, nem que seja freqüentando os mesmo lugares e vivendo o que sua mãe viveu. Assim ela vai para a universidade e deseja entrar para a mesma fraternidade que sua mãe, a Kappa Phi Nu.

Entrar na fraternidade não será tão fácil quando Sydney imaginava. Ela já tem um passo a frente por ser filha de uma ex integrante, mas sua aparência e seu modo de ser não é bem visto pela rainha da fraternidade e presidente do conselho estudantil, Rachel.

Nada dá certo, Sydney não é aceita e percebe que não quer fazer parte daquilo que ela pensou que fosse. Sem lugar para morar, ela é acolhida pela fraternidade –se é que é uma- Vortex, que é uma casa onde ficam os excluídos, aqueles que não conseguiram ficar em nenhuma fraternidade e que não podem voltar para os alojamentos da universidade, pois abriram mão deles. A casa está caindo aos pedaços e os garotos não tem vontade para lutar por melhorias. E para piorar a situação a casa pode ser demolida para virar um estacionamento para a Kappa. E agora, onde todos iram morar?

Sydney não se conforma e pretende tomar uma atitude: concorrer à presidência do conselho estudantil contra Rachel para que suas reclamações sejam ouvidas e impedir a demolição de seu novo lar.

O filme é bom, mas não é tão divertido quanto o outro. Ele tem as mesmas características, mas ele foca mais nessa luta por igualdade. Sydney conta como apoio das minorias, que é uma parte esquecida pela universidade. Aliás, as únicas fraternidades que tem maior atenção é as que são populares, principalmente a Kappa e a dos jogadores de futebol (esqueci o nome :P), acho que por seus lideres participarem ativamente das decisões da universidade e por seus pais serem pessoas de prestigio na sociedade.

Mas nem todos são assim. Lá ela conhece o presidente da fraternidade dos jogadores, Tyler Prince, super gato que se encanta por Sydney, pois ela é diferente de todas as garotas que ele conhece, principalmente da sua ex Rachel. Já viu que tem confusão né? Rsrsr

Outro detalhe são os nerds da Vortex. Eu nunca vi nerds tão estranhos, sério, parecem que têm até medo de mulher O.o Mas Sydney vai ajudá-los a se tornarem mais confiantes com sua aparência e com seu jeito de ser, uns arrumam até namorada rsrs

É isso gente, filmes maravilhosos, com conteúdo social e que garantem diversão. Recomendo a todos!!!!
FORMULÁRIO TOP QUERIDOS FEVEREIRO

Fellipe é colaborador do blog com resenhas de livros e filmes, além de trazer novidades das editoras. Possui 15 anos, brasiliense e estudante, gosta de música, assistir séries, filmes, ler, e tuítar. Aproveite e siga seu twitter @felliphy. Leia também todos os seus posts já publicados.

5 Curiosos:

Eu nem reparei que os 2 filmes tem enredo bem parecido. #Desligada
Eu gostei mais desse e confundi com o outro da parte 1.
Estou precisando ver + filmes nesse estilo pra me descontrair.

----Leituras & Fofuras----
www.leiturasefofuras.com.br

Faz tanto tempo que assisti que quase esqueci de como era a história, mas logo lembrei após ler a resenha ^-^
O primeiro é mesmo mais divertido! E também gostei mais dele..
Ambos tem conteúdo, diversão e romance, tudo de bom!
E mesmo assim fiquei surpresa pelo 10 'rsrs

Bjus =*

Nem sabia que tinha o segundo filme. Mas gostei da história.

Esse parece ser tão bacana quanto Ela é o Cara, hahaha.
Adorei a resenha, ri muito, me interessei bastante e já vou anotar o nome do filme pra poder passar na locadora e procurar por ele.
Beijão

Ahh, eu adoro esse filme! Mais do que o outro, até... Apesar de eu achar essa coisa de fraternidade meio tonta, a parte em que a Syd tenta fazer alguma coisa para mudar a situação da minoria é legal e o final também é fofo... Vale a pena (:
Bjs,
Isa ~ portal dos livros

Obrigada por visitar o blog DaniFuller.com e seria ótimo que pudesse também deixar um comentário. O que acha?
Evite:
* Comentários anônimos
* Comentários ofensivos
* Comentários com propagandas de blogs e afins.

Não insista, pois todos serão excluídos. Existe uma opção de contato e parceria especialmente para isso.
Todos os questionamentos serão respondidos diretamente ai na parte de comentários, quem quiser pode deixar seu twitter acrescido do @ que envio o resumo da resposta direto por lá.